13 benefícios de comer cerejas durante a gravidez

13 benefícios de comer cerejas durante a gravidez!

13 benefícios de comer cerejas durante a gravidez

Comer cerejas durante a gravidez vem com benefícios surpreendentes para a saúde. Alguns desses benefícios incluem tratar dores de cabeça e enxaquecas, aliviar dores musculares, reduzir calorias, apoiar sistema digestivo saudável, trabalhar como expectorante, apoiar a circulação sanguínea, prevenir pressão alta, prevenir fadiga, prevenir diabetes gestacional, aliviar inchaço e inflamação, promover a saúde cerebral e aumenta a imunidade.

As cerejas vermelhas, suculentas e deliciosas contêm mais nutrientes do que você pensava. Enriquecido com abundância de minerais, vitaminas, enzimas, ácido fólico, etc, eles têm potencial para manter grandes e menores doenças de saúde na baía durante a gravidez.

Eles não apenas têm um gosto irresistível, mas também satisfazem suas papilas gustativas. Além disso, diz-se que o fruto doce e azedo é benéfico para combater as náuseas e vômitos que são comuns durante toda a gravidez.

As mães expectantes podem consumir cerejas como um lanche; eles podem incorporá-los em várias saladas, a fruta também pode se tornar uma adição refrescante para suas sobremesas. De qualquer forma, as cerejas são uma fonte rápida para colher inúmeros benefícios para a saúde.



Valor nutricional das cerejas

  • Calorias 50
  • Colina 4 mg
  • 1 mg de cobre
  • Fibra Dietética 2,9 g
  • Fluoreto 8 mcg
  • Folato 5 mcg
  • Ferro 5 mg
  • Magnésio 2 mg
  • Manganês 1 mg
  • Niacina 2 mg
  • Ácido Pantotênico 3 mg
  • Fósforo 0 mg
  • Potássio 306 mg
  • Proteína 9 g
  • Vitamina A 3 UI
  • Vitamina C 7 mg
  • Vitamina E 1 mg
  • Vitamina K 9 mcg
  • Zinco 1 mg

13 benefícios de comer cerejas durante a gravidez

1. Dores de cabeça e enxaqueca

Especialistas revelaram que a pré-eclâmpsia e a flutuação hormonal estrogênica causam enxaquecas ou dores de cabeça durante a gravidez. A condição pode prejudicar o bem-estar geral das mulheres grávidas para que não seja ignorada. Você pode consumir cerejas para combater os fatores que contribuem para as dores, pois são uma fonte de energia de bioflavonóides e antocianinas. Ambos os nutrientes são necessários para aliviar a flutuação desnecessária em seu corpo durante a gravidez.




 

2. Alivia a dor muscular

As cerejas doces e azedas são carregadas com propriedades anti-inflamatórias. Nutricionistas recomendaram consumir pelo menos 2-3 porções da fruta durante a gravidez. Desta forma, você pode efetivamente afastar dores musculares e inflamação das articulações. As mães grávidas experimentam várias inflamações até o parto, portanto, em estado grave, consulte seu médico de cuidados primários e evite a auto-medicação a esse respeito.

3. Baixo em calorias

As mulheres grávidas são mais propensas a serem suscetíveis ao ganho de peso durante a gravidez que mais tarde se tornam preocupantes em perder. Se você quiser manter seu peso corporal, você precisa começar a incorporar cerejas desde o dia que você vai conceber. Nutricionistas têm favorecido as frutas e legumes, devido ao alto teor de nutrientes e baixas calorias. O caso é semelhante às cerejas vermelhas e deliciosas, pois são abundantes em vitaminas e minerais e uma tigela de porção fresca contém meras 50 calorias.

4. Para um sistema digestivo saudável

Seu ligeiro descuido pode levar você a problemas digestivos. Para evitar isso, os nutricionistas recomendaram o consumo de alimentos enriquecidos com fibras alimentares. Este último tem conhecido para afastar a indigestão, evita inchaço constante durante a gravidez. Além disso, a fibra é responsável por regular seus movimentos intestinais irregulares. As cerejas são uma usina de fibra dietética, e apenas uma única porção pode afetar a sua dor de estômago efetivamente em menos tempo. Os especialistas também encorajaram as mães grávidas a tentarem tratar os problemas de digestão pela fonte natural, pois não contêm produtos químicos.

5. Trabalhar como expectorante

As cerejas podem funcionar bem se você tiver encontrado problemas respiratórios durante a gravidez. Muitos estudos também mostraram suas qualidades como expectorante. Você pode tratar tosses constantes e aliviar o frio, bronquite e asma, incorporando cerejas em sua vida diária. No entanto, não se esqueça de considerar o conselho de seus médicos em caso de asma crônica para evitar riscos de problemas de saúde.

6. Para vasos sanguíneos

Os nutricionistas sugerem que o feto precisa de muito sangue para o crescimento adequado, o que só é possível com o bom funcionamento dos vasos sangüíneos. Você pode fortalecer este último consumindo quantidades adequadas de vitamina C regularmente. A vitamina é dito para fortalecer seus vasos sanguíneos durante a gravidez, permitindo-lhes bombear sangue suficiente a este respeito.

7. Promove um melhor sono

Você não deve tentar ingerir relaxantes ou pílulas para dormir durante a gravidez e só optar por alimentos que contenham propriedades indutoras do sono. Em caso de padrões de sono perturbados, você pode consumir uma tigela de cerejas frescas e refrigeradas, pois são embaladas com um antioxidante chamado melatonina. Quando consumido regularmente, o antioxidante irá afastar o desconforto e permitir que você durma em paz por horas. Além disso, o suco de cereja pode executar a mesma função. No entanto, evite adicionar açúcar, pois a fruta contém naturalmente um alto conteúdo.



8. Previne a pressão arterial elevada

Vários fatores contribuem para a hipertensão durante a gravidez, e você deve ficar atento e tentar manter os níveis elevados. O potássio encontrado na cereja funciona bem para combater a retenção de água e controlar a pressão arterial, o que acaba por impedir os riscos de pré-eclâmpsia. Portanto, consumir cerejas regularmente pode aliviar os riscos da hipertensão arterial.

9. Evita Fadiga

A abundância de nutrientes encontrados no fruto doce e azedo é uma fonte segura para afastar os fatores associados à fadiga repentina e tontura. As mulheres grávidas podem consumir cerejas para colher água, fibras, vitaminas e minerais que funcionam para aumentar os níveis de energia durante a gravidez.

10. Previne Diabetes Gestacional

Os riscos associados ao diabetes gestacional aumentam para a gestante. Nutricionistas recomendam consumir açúcar através da fonte natural para combater os riscos do diabetes, pois é um grave problema de saúde. Tem potencial para prejudicar a saúde do feto também. Portanto, não consuma alimentos processados ​​e bebidas açucaradas durante a gravidez e reduza seus desejos doces com frutas deliciosas como cerejas frescas.



11. Para inchaço e inflamação

Estudos revelaram que o pigmento vermelho da fruta – chamado antocianina – pode aliviar a inflamação sem prejudicar a saúde do feto. As mulheres grávidas encontram dor e freqüentemente incham assim; É essencial para eles optar por uma opção natural, como cerejas para lidar com a condição.

12. Promove a saúde do cérebro

Nutricionistas sugerem que as mulheres grávidas consomem alimentos carregados de nutrientes que facilitam o cérebro saudável do feto. Você pode encontrar nutrientes essenciais, como o Balaton e antocianinas em cerejas que irão fortalecer e também garantir o desenvolvimento saudável do cérebro do feto.

13. Aumenta a imunidade

Enriquecido com vitamina C, as cerejas podem fazer maravilhas pela saúde do sistema imunológico das gestantes. Seu sistema imunológico requer nutrição especial, uma vez que combate os radicais livres que contribuem para várias doenças crônicas e infecções. Também pode efetivamente reduzir os riscos de danos oxidativos nos órgãos do corpo.

Show Buttons
Hide Buttons